Como Garantir o Bem-estar de Idosos Mesmo Longe Deles

Antes que você perceba, será hora de se afastar de seus pais. Talvez seja por causa do casamento, dos estudos, da carreira… de qualquer forma, afastar-se dos pais é algo que acontece, que faz parte do ciclo da vida. 

E neste contexto, você pode estar se perguntando: quem vai cuidar de suas refeições, remédios, saúde, levá-los para seus check-ups e tudo mais? 

Como sabemos, pensar em todas essas questões pode deixá-lo ansioso e preocupado, mas calma, pois nós separamos a seguir algumas maneiras de garantir o bem-estar de seus pais mesmo estando longe deles.

Por isso, continue acompanhando a leitura para descobrir!

Bem-estar de idosos: dicas essenciais para garanti-lo

Casas de repouso

As casas de repouso são espaços projetados especialmente para idosos e neles os seus pais terão toda a ajuda, auxílio e cuidados necessários para viverem bem.

Nesses lares, os seus pais terão diversos profissionais da saúde à disposição e irão conviver com outros residentes – o que ajuda a socializar, a fazer novas amizades, a evitar o isolamento, a depressão e muito mais!

Portanto, se você não consegue ficar tão próximo dos seus pais ou mesmo avós como gostaria, considere este tipo de local para acolhê-los.

Fale com eles regularmente

Passar tempo com seus entes queridos é essencial e faz muita diferença na saúde mental deles.

Isso porque, os idosos se sentem felizes, valorizados e apreciados quando seus filhos, netos e familiares reservam um tempo para eles. 

Portanto, não permita que a distância entre seus entes queridos seja algo que os impeça de te ver e de conversar com você.

Deixe-os saber o que está acontecendo em sua vida, compartilhe seus planos de fim de semana com eles, informe-os sobre pequenas mudanças e progressos em sua vida e assim por diante. 

Certifique-se de mantê-los tão envolvidos em sua vida quanto possível. 

Além disso, pergunte como foi o dia deles, como estão se sentindo e se precisam de alguma coisa. Ouça-os com atenção e paciência. 

Permita que falem sobre algo que lhes interessa ou algo que aprenderam/experimentaram, por exemplo. 

E claro, informe-se sobre a saúde deles, inclusive acompanhando quais os medicamentos que estão tomando/precisando e quais os exames que foram ou precisam ser feitos.

praticas fisicas

Incentive a prática de atividades físicas

Ser fisicamente ativo ajuda em grande medida a lidar com a depressão, ansiedade e outros problemas ou doenças que afetam idosos.

Inclusive, as casas de repouso, como citamos mais acima, oferecem atividades e oportunidades para ajudar os idosos a manter um estilo de vida ativo. 

E mesmo que seus pais não fiquem em um espaço como esse, eles podem muito bem sair para fazer uma caminhada, para fazer yoga, hidroginástica, andar de bicicleta ou até mesmo meditar.

Todas essas atividades ajudam os idosos a manter a mente e a alma relaxadas.

Certifique-se de que eles estão mentalmente em forma

A saúde mental é tão importante quanto a saúde física. Sendo assim, enquanto você garante que seu ente querido idoso seja fisicamente saudável, certifique-se também de que a saúde mental dele esteja bem. 

Existem muitas atividades, como leitura, jogos de tabuleiro, conversas estimulantes, exercícios e começar um novo hobby, para citar alguns exemplos que podem ajudar os idosos a manter a forma mental em dia.

Ensine algo novo a eles

Com você mais tempo longe, a ideia é torná-los independentes. Isso porque não há sentimento melhor do que ser capaz de fazer as coisas sozinho. 

E como sabemos, à medida que seus pais e avós começam a envelhecer, eles tendem a depender de você mais do que antes. 

Sendo assim, em vez de enviar mensagens no WhatsApp ou mandar links/matérias para eles ensinando algo, por exemplo, seria ótimo mostrar a eles como fazer isso por conta própria. 

Sempre há algo que você ensina aos idosos e que os ajudará a se tornarem independentes. 

Portanto, sempre que você notar algo que pode ser ensinado a eles, reserve um tempo para isso.

Incentive-os a serem socialmente ativos:

Tanto os idosos que residem em casas de repouso quanto aqueles que vivem em seus próprios lares, precisam ser socialmente ativos, isto é, eles precisam se relacionar e se comunicar com outras pessoas em sociedade.

Quer seja para conversar com eles, passear ou assistir a um filme, ter amigos ou alguém com quem você possa passar bons momentos é ótimo. 

Por isso, incentive-os a sair e a se misturar com outras pessoas. 

Mostre a eles, por exemplo, como fazer uma videochamada pelo celular ou computador para que possam manter contato com amigos o tempo todo.

Todos esses pequenos passos irão ajudá-lo a garantir o bem-estar dos mais velhos quando você estiver longe deles. 

Portanto, siga estas etapas a partir de agora e veja como isso fará a diferença na vida deles e na sua. 

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *